Está offline. para recarregar esta página conecte-se a uma rede.
Hoje
18º / 26º
Mar

Viana do Castelo reafirma-se como capital europeia do surf adaptado

  • Notícias
  • Viana do Castelo reafirma-se como capital europeia do surf adaptado
O 1º Adaptive Surfing Meeting, organizado pelo Surf Clube de Viana (SCV) em parceria com a Federação Portuguesa de Surf (FPS), decorreu no Centro de Alto Rendimento de Surf de Viana do Castelo, nos passados dias 10 a 14 de junho.
Mar | 29 junho 2018

Este que foi o primeiro encontro europeu de seleções da modalidade, trouxe à “Princesa do Lima” 13 atletas, das classes AS1, AS2, AS4 Prone, AS 5 Assist e AS VI, e 42 outros elementos, sobretudo treinadores e terapeutas, de quatro seleções nacionais: Portugal, Espanha, Itália e França. Com uma intensa agenda competitiva que pretendeu, por um lado, selecionar os atletas que, em 2018, vão representar as cores nacionais e, por outro, constituir uma importante prova de preparação para vários atletas internacionais que vão disputar o Campeonato Europeu em Lacanau, França, no próximo mês de setembro.

Com organização técnica da FPS, o Adaptive Surfing Meeting registou condições de mar de feição, com ondas de 0,5m a 1m na praia do Cabedelo.
Camilo Abdula (POR) foi o vencedor da classe AS1; Maxime Cabanne (FRA) venceu em AS2; Massimiliano Mattei (ITA) foi o vencedor em AS4 Prone; em AS 5 Assist, Nuno Vitorino (POR) sagrou-se o grande vencedor; e Gwendal Du Fretay (FRA) venceu em AS VI.

O grande destaque vai para Marta Jordão Paço, atleta do SCV, que, aos 13 anos, conseguiu o 2º lugar na categoria Visual Impair, sagrando-se a atleta sensação do encontro. O seu talento foi reconhecido por todas as entidades presentes, incluindo pelo Comité Paralímpico de Portugal.

Além da competição e de visitas à cidade, do programa sobressaem ainda três reuniões de treinadores e três workshops: "Adaptive Surfing Performance", no qual foi realizado um ponto de situação por país participante; "Nutrition & Mindfulness Training”, com a primeira temática, que se centrou num debate em torno do consumo de leite, promovido pela nutricionista Raquel Leitão e ficando a segunda temática dinamizada pelo fisioterapeuta Carlos Costa; e "Surfing in Paralympics" que teve como oradores o Presidente do Comité Paralímpico de Portugal, José Manuel Lourenço, e o Presidente da Federação Portuguesa de Surf, João Aranha.
Durante este Adaptive Surfing Meeting, que tinha também a missão de promover a modalidade, ser solidário e inclusivo, 25 utentes da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Viana do Castelo tiveram a possibilidade de experimentar surf gratuitamente.

A cerimónia de entrega dos prémios contou com a presença de João Marrana, da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e Fundação do Desporto, de Vítor Dias, Diretor Regional do IPDJ, e do Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa. 
 


Resumo
Categoria
Mar