Está offline. para recarregar esta página conecte-se a uma rede.
Hoje
22º / 28º
Sustentabilidade

“Escola da Natureza” ensina crianças e incentiva munícipes a serem “guardiões” do espaço Natura 2000

  • Notícias
  • “Escola da Natureza” ensina crianças e incentiva munícipes a serem “guardiões” do espaço Natura 2000
O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, afirmou, durante a apresentação do “Escola da Natureza”, vencedor do prémio Natura 2000, que este projeto visa ensinar as crianças a respeitar a natureza e incentivar os munícipes a tornarem-se “guardiões” do espaço Rede Natura 2000.
Sustentabilidade | 2 novembro 2018

A sessão, que contou com a presença do Diretor para o Capital Natural da Direção-Geral do Ambiente da Comissão Europeia, Humberto Delgado Rosa, apresentou e homenageou o projeto, que é promovido desde 2011 pelo Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental (CMIA) de Viana do Castelo.

No sentido de incentivar e fomentar o gosto pelo conhecimento e o respeito e valorização dos ecossistemas, o CMIA desenvolve o projeto educativo “Escola da Natureza” que tem como missão central aproximar as comunidades jovens escolares e a comunidade em geral do património natural do concelho.

Na sessão de apresentação do “European Natura 2000 Award”, atribuído ao “Escola da Natureza – Rede Natura 2000 em Viana do Castelo”, o autarca referiu que o projeto foi pensado para a afirmação dos valores naturais, referindo que o objetivo é valorizar o valioso que temos em termos de natureza.

A Rede Natura 2000 é composta por áreas de importância comunitária para a conservação de determinados biótopos e espécies, nas quais as atividades humanas deverão ser compatíveis com a preservação desses valores naturais. Visa uma gestão sustentável do ponto de vista ecológico, tomando simultaneamente em consideração as exigências económicas, sociais e culturais, bem como as particularidades regionais e locais. O concelho de Viana do Castelo inclui três Sítios Rede Natura que ocupam 15% da sua área territorial. O Sítio Litoral Norte corresponde a espaços litorais (sistemas dunares e rochedos litorais), o Sítio Rio Lima a espaços estuarinos e ribeirinhos e o Sítio Serra de Arga a espaços montanhosos e ribeirinhos.

Na sessão, o Diretor para o Capital Natural da Direção-Geral do Ambiente da Comissão Europeia frisou o orgulho em ver um projeto nacional vencer o prémio da Comissão Europeia, destacando o facto de mais de 5.000 pessoas terem votado no projeto de Viana do Castelo, que venceu pelo voto do cidadão. Referiu que a exposição à natureza durante a infância e a juventude é um dos principais fatores de formação de cidadãos com empenho em defender e proteger a natureza, esperando que o projeto da Câmara Municipal seja uma referência para a região e para o país.

Também Helena Pinheiro de Azevedo, Presidente da Comissão Diretiva do PO SEUR, que financiou o projeto “Escola da Natureza”, assegurou que cada bom projeto que existe irá tornar-se uma referência e fonte de motivação para novos projetos.

O Projeto Escola da Natureza tem como objetivo central aproximar as comunidades jovens escolares deste património natural rico e diversificado e foi concebido com a finalidade de desenvolver ferramentas de trabalho direcionadas à comunidade jovem e escolar, estruturadas com o objetivo de fomentar o respeito e valorização da biodiversidade associada aos valores naturais das áreas classificadas. Foram assim criadas ferramentas de trabalho (teóricas e práticas) diretamente relacionadas com os três Sítios Rede Natura 2000 que integram o concelho de Viana do Castelo e que se adequam aos conteúdos programáticos escolares em diferentes níveis etários e que são passíveis de utilizar pós projeto.

De salientar que o projeto Escola da Natureza, financiado no âmbito do “Portugal 2020”, teve como parceiros os Município de Esposende e Vila Nova de Cerveira, a Universidade de Coimbra, através do Instituto do Mar, e contou com o suporte científico e técnico do Centro de Biologia Molecular e Ambiental da Universidade do Minho e do Centro de Conservação de Borboletas de Portugal.

Resumo
Categoria
Sustentabilidade