Está offline. para recarregar esta página conecte-se a uma rede.
Sustentabilidade

Assinatura Ambiental - Câmara Municipal vai avaliar garantia da qualidade ambiental

  • Notícias
  • Assinatura Ambiental - Câmara Municipal vai avaliar garantia da qualidade ambiental
O município de Viana do Castelo assinou, com o Centro de Território, Ambiente e Construção (CTAC) da Escola de Engenharia da Universidade do Minho, um protocolo para execução do projeto “Assinatura Ambiental da Cidade: avaliação integrada de infraestruturas e sistemas urbanos”.
Sustentabilidade | 26 outubro 2018

O protocolo foi assinado durante o workshop “Cidades e Territórios – Desafios e Oportunidades”, evento promovido pelo CTAC e que contou, na sessão de abertura, com a presença do reitor da Universidade do Minho e do presidente da Escola de Engenharia, e dos presidentes de Câmara de Guimarães e Braga.

Na sessão, o vereador com o pelouro do ambiente, ciência e conhecimento na Câmara Municipal de Viana do Castelo, Ricardo Carvalhido, abordou o posicionamento de Viana do Castelo como território de Ciência e de Conhecimento, nomeadamente os projetos em curso no domínio do desenvolvimento da Rede Municipal de Ciência, e a importância das parcerias estratégicas que têm sido estabelecidas com centros de investigação de referência, como é o exemplo o CTAC e o IBS, da Universidade do Minho. Foram igualmente identificadas as oportunidades de investigação e desenvolvimento de interesse mútuo, principalmente em temas focados na sustentabilidade socioeconómica e ambiental das Cidades e dos Territórios.

Aliás, foi neste âmbito que foi assinado o protocolo de cooperação, que estabelece as bases de entendimento para o desenvolvimento da Assinatura Ambiental da Cidade de Viana do Castelo, um projeto que vai permitir a avaliação integrada das infraestruturas e dos sistemas urbanos, tendo em vista a monitorização e produção de dados também essenciais para a garantia da qualidade ambiental (ar, água, ruído e insolação.

No workshop, que decorreu no salão nobre do campus de Azurém, foram também debatidos temas que o município de Viana do Castelo tem como eixos estratégicos de desenvolvimento, nomeadamente ao nível de mobilidade, energia, reabilitação urbana e gestão de resíduos. O workshop contou também com intervenções mais específicas, relacionadas com os desafios e as principais inovações no setor da água, pavimentos rodoviários, edifícios, ‘smart cities’ e o impacto das grandes infraestruturas no património natural.

Resumo
Categoria
Sustentabilidade