Está offline. para recarregar esta página conecte-se a uma rede.

Semana Europeia de Prevenção de Resíduos 2016

  • Notícias
  • Semana Europeia de Prevenção de Resíduos 2016

A Câmara Municipal de Viana do Castelo, através do Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental e dos Serviços Municipalizados de Saneamento Básico, irá aderir pelo 8º ano consecutivo às comemorações da Semana Europeia de Prevenção de Resíduos.

Resíduos | 19 novembro 2016

O Centro de Mar de Viana do Castelo, localizado na ré do navio Gil Eannes, celebra o seu segundo aniversário no dia 16 de novembro, data que assinala também o Dia Nacional do Mar. Para comemorar o aniversário e a data, a Câmara Municipal promove a III Semana do Mar, que se desenvolve de 14 a 20 de novembro e que integra um conjunto de iniciativas gratuitas para a comunidade escolar e para a comunidade em geral.

Pelas 18.00 horas do dia 16 será inaugurada uma nova exposição intitulada “Viana do Lima-porta para o mundo”, que ficará patente ao longo de 2017 na sala Hernâni Lopes, saudoso mentor do projeto do Centro de Mar. Trata-se de uma exposição que mergulha na história do porto de Viana do Castelo e das suas relações comerciais e culturais transatlânticas ao longo de cinco séculos. De incalculável valor, os documentos arquivísticos, cartográficos e icnográficos reproduzidos recuperam a memória de momentos e personalidades decisivas para a evolução das estruturas portuárias de Viana e para a sua afirmação como entreposto mercantil de escala global. Contam-nos uma história feita de homens e dos seus anseios, deixam-nos ouvir a voz dos mercadores e das gentes de Viana, auscultar os seus temores face às investidas de corsários e piratas, desvendar cartas régias determinantes para a construção de novos cais e para a atribuição de privilégios e isenções. Projetos de engenharia e de arquitetura dão-nos a conhecer os desígnios de melhoria do porto e edificação de fortificações destinadas à defesa da barra.

São ainda reveladas as origens e os principais mercados dos produtos transacionados em diferentes períodos históricos, desvendados itinerários de circulação e recordados os nomes de estrangeiros notáveis atraídos a Viana pelo seu porto Atlântico.

Esta exposição, ao recordar a importante vocação marítima de Viana, porta para o universo das relações atlânticas ao longo do tempo, vem de encontro aos objetivos do Centro de Mar, que ambiciona contribuir para a renovação da cultura marítima de Viana do Castelo e posicioná-la como “Cidade Náutica do Atlântico”.

Nos dias 17 e 18 de novembro, o Centro de Mar irá receber no seu espaço centenas de alunos para uma iniciativa designada de “Aulas a Bordo”. Nesta iniciativa, convidaram-se diferentes entidades locais com trabalho nas temática do mar - relacionadas com a pesca e a vida no mar - de forma proporcionar uma experiência e conhecimento diferentes a alunos do concelho (desde o ensino pré-escolar ao ensino secundário). Estas comemorações terminam no dia 19 com a tertúlia “ Vidas de Mar” a bordo do Navio Gil Eannes. Pretende-se evidenciar e relembrar os usos e costumes de uma população ribeirinha assim como refletir a influência que o mar teve nas últimas décadas na população vianense. Será um momento de partilha de histórias, memórias e espectativas futuras das vidas de mar.

No espaço do auditório do Centro de Mar está ainda patente uma outra exposição inaugurada em junho passado, intitulada “Um Mar de tradições”. Esta exposição retrata os diversos usos, costumes e crenças, que um povo construiu e passou de geração em geração, ao longo da nossa faixa litoral focando-se em quatro temas centrais: as atividade piscatórias, as atividades agro-marítimas, os trajes e as devoções.